domingo, 12 de maio de 2013

Bem-vinda à experiência humana.


Bem-vinda à experiência humana. Foi o que disse na frente do espelho. A experiência humana é o copo cheio ou vazio? Não me entenda errado, falo desse copo interno que todos nós temos. E, no fundo, acho que a experiência é um pouco dos dois. Bem vinda à experiência humana porque eu sempre fui de transbordar e desaprendi.

Se eu for mesmo um copo, acho que tenho sido rasa. Sou assim porque ando me embriagando de saudades do que nunca conheci, do que ainda não chegou. Eu estou parada no desembarque do aeroporto e cansada de retribuir sorrisos por educação. A esteira continua rolando e eu dispensando os olhos que não tem o meu nome, os sorrisos que eu sei que não são minha bagagem. Deixo passar. Fica pra próxima, não é isso que estou esperando. E quando, súplicos, tentam entender o que eu quero exatamente, envergonhada, digo que também não sei.

Tânia Quaresma.

Um comentário:

  1. achei tão minha fase atual <3 feliz pro redescobrir isso aqui

    ResponderExcluir