domingo, 2 de outubro de 2011

Querido coração,

Eu cuido de você, coração, eu cuido de mim. Eu sei o quanto você desiste para sempre todos os dias e volta atrás, simplesmente porque ele faz você bater mais rápido. Mas não posso mais, é para o seu bem, para o meu bem. Estas são as últimas palavras que eu e você escreveremos sobre ele, combinado? Nós não deixaremos mais as palavras transbordarem de você. Eu sei, coração... eu sei que ele toma você de mim às vezes, mas ele não tomará, nunca mais, feito? Eu não deixarei, eu prometo. Não, eu não esqueci, coração. Não esqueci das vezes que ele fez você estremecer aqui dentro e não vou esquecer, é claro que não. Mas eu e você faremos um esforço para não lembrar, ok? Eu preciso que você me apoie nisso, coração, caso contrário sempre será difícil seguir em frente. E nós queremos seguir, todos os dias. Promete para mim que de hoje em diante não recuaremos? Mesmo que isso seja para encontrá-lo de novo. Devemos lembrar que ele só anda para frente, coração, e que ele guardou você no bolso, que ele só consulta você quando quer. Isso não é suficiente, não se contente com tão pouco, coração, por favor.

Às vezes penso que te acostumei mal, que sempre fiz você tão feliz que quando desisto de algo que você quer, você não aceita e me convence a tentar sempre mais um pouquinho, tudo por você. Mas dessa vez, coração, nós chegamos ao nosso limite, você me compreende, eu sei que sim. Eu e você continuaremos firmes e fortes, sempre foi preciso muito mais que tudo isso para que eu deixasse você despedaçar. E nós continuaremos como sempre: sorrindo. Não precisamos causar preocupações à outros corações que batem em sintonia, você não acha? Pense comigo, coração, pare de sentir tudo isso um pouco e pense. Como nós queremos tanto encaixar alguém em  você se ainda existem peças de quebra-cabeças antigos aí? Eu tenho uma idéia, vamos fazer uma limpeza, arrancar tudo o que não serve mais de dentro de você e consequentemente de dentro de mim? Vamos existir para o novo, coração?

Tânia F.

Um comentário:

  1. .. agradecido por tuas palavras na Ilha. E volte, volte sempre! :)

    ResponderExcluir